Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o Homem Certo

Muitas coisas

Dói-me sempre qualquer coisa, uma perna, um braço, o coração ou a alma.

 

Tenho um problema que resolvi com outro problema, que dará um problema, quem sabe se maior, mas é a vida.

 

O meu cão está doente, tem o sistema neurológico afectado, pensei que o tinha de abater, porém está a fazer tratamento e acho-a melhor.

Descobri que um taque para um cão pode custar 200 e muitos euros.

 

Não leio o correio da manhã, tenho a sorte da mãe me fazer um resume, mesmo não querendo.

 

Descobri que um colega era visitado pelo fantasma da sogra.

 

Zanguei-me com o meu amor.

Os vizinhos de cima

Vivo nesta casa há meses.

Os vizinhos de cima não são barulhentos. Nunca dei por eles a não ser quando a minha casa está em silencio e ouço lá longe as molas dos colchões ou algo do género. Não os conheço, nem nunca lhes vi a cara.

Sei que quase todas as noites fazem sexo ou amor, uma ou outra, deve ser todos os dias, eu é que nem sempre os ouço, pouco falha. Não tem hora certa. Ás vezes demoram-se bastante.

Se não é sexo, então dormem muito mal e dão muitas voltas na cama.

Já estão na minha lista de heróis, se os conhecer um dia dou-lhes os parabéns.

O que me preocupa é que tenho ouvido uns bebes, devem ser dois, e até agora não tinha dado por eles. Estou a rezar que sejam umas visitas, ou então o puto está doente ou assim... Podia ter nascido entretanto, mas eles continuam nas suas actividades físicas... portanto...