Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o Homem Certo

O sonho da mãe

Devia ser o de trabalhar numa livraria.

Depois de me colocarem as estantes na parede e descobrir que só suporta meia dúzia de livros em vez dos 300 que queria pôr nas prateleiras, a mãe arrumou-os assim.

image.jpg

 

Desafio L de Livros

crónicas de um café mal tirado desafiou-me e cá vai:

 

Estou a ler: A Dança dos Dragões, de George R.R. Martin - Nunca mais acabo de ler...

 

O meu livro favorito quando era pequeno: Os da Rua Sesamo, Tinha uma colecção tão gira que os meus sobrinhos já os fizeram em pedaços

 

Estou ansiosa por ler: Só se morre uma vez de Rita Ferro. Já li o primeiro diário e achei muito divertido, e estou para ler as peripécias que conta neste segundo livro.

 

Um livro que mudou a minha vida: não sei, mas o que me marcou mais e é o meu preferido, Cem anos de solidão.

 

 

O meu livro favorito para dar como presente: Um que tenha gostado e pense que a pessoa gostará. Ou então escolho um titulo sugestivo.

 

O que está na minha mesa: Catarina a Grande, de Silvia Miguens e a Cidade Impura de Adrew Miller

 

Organizo a minha estante de acordo com: o Espaço. Não está organizada e está assim à balda. Não está desarrumada. Tudo junto. Um dia vou organizar... Um dia. Eu pensei em organizar, mas depois percebi que eles não brigavam nem se ofendiam de estarem juntos.

 

A minha livraria preferida: É a Fnac do Colombo ou do Chiado. Quando estudava era uma que fica ou ficava na estação de Entrecampos.

 

Adoro gosto de ler porque: cada livro é mundo novo a conhecer, onde se pode viver muitas vidas, ter outros conhecimentos, para passar o tempo e para me  divertir.

 

Um livro do qual nunca me vou separar: Um que tenho desde puto e que não deixo ninguém por a mão. No fundo aqueles que gosto e que ainda guardo.

 

 

 Se pudesses entrar num livro, que livro escolherias? Serias a personagem principal? 

Na guerra dos tronos. Ia dizer que queria ser o Jonh Snow, mas não, até acabar de ler. O Anão sofre muito, é mehor não. Preferia ser o Harry Potter prontoss.

Estava só aqui a pensar que não me importava de ser o professor Robert Langdon. Ou então Henrique VIII. Bem era um bocado difícil de decidir.

 

Em nome dos livros... vou nomear-te

A MULHER QUE AMA LIVROS

O INFORMADOR

MORE MAIS

MARROCOS E O DESTINO

RECEITAS FÁCEIS

A QUERIDA DO LAÇO VERMELHO

GESTO OLHAR E SORRISO

 

P.S. Quem não responder à nomeação e romper esta corrente arrisca-se a ficar seis anos e três dias sem conseguir acabar um único livro. Fica o aviso.

 

 

 

 

 

 

 

 

Se fosses um livro?

Se fosse um livro queria ser grande e grosso.

Podia não ter uma capa bonita, mas tinha de ter conteúdo e muitas histórias.

Que fosse daqueles que se mete em destaque e que fosse lido e relido por muita gente, ou que quando não se lê põe se na estante para fingir que se leu.

Também podia ser um livro infantil e seria feliz para sempre.

Se calhar um livro de bolso para andar de um lado para o outro. Ou um livro de registos onde ficaria para sempre registado, nomes, moradas e afins, ou contas, e ficaria ao lado de tantos e tantos livros iguais a mim.

Um livro antigo também não era mau pensando, pior era o pó, mas assim já tinha uma longa história, só pelo tempo de vida e mais do que um dono.

Uma Bíblia, um conjunto de livros, com várias histórias, com imensas personagens, cheios de dramas, aventuras, guerras e paz, emoções, tem um pouco de tudo, mas se calhar demasiado sagrado.

Um livro erótico? Uma Biografia? Hum!

Bem se calhar mesmo era ser um livro em branco e cada um escreveria a sua história.

O melhor é ir dormir que está tarde.

 

P.S. Fartei-me de pensar se fosse um livro que titulo queria ter, só que não me ocorre. E vocês que titulo queriam?