Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o Homem Certo

Se há coisa que une os partidos políticos

Hoje de manhã Portugal acordou com a noticia que Maria Barroso faleceu.

Tenho muita simpatia pela primeira dama (eu sei que já não era, mas ainda havia pessoas que a viam como tal).

Uma coisa que une os partidos é a morte, e a dor da perda de alguém que foi grande. Seja ela verdadeira ou fingida, até acredito que seja verdadeira...

Todos concordam, da esquerda à direita, que morreu uma grande mulher.

O fim-de-semana

O fim-de-semana soube-me a muito pouco.

Sexta bebi café na casa duma amiga.

Sábado fui sair com os amigos, uma festa com malta conhecida e agradável. Diverti-me muito, cheguei torto a casa.

Domingo fui ao Chiado ver as bichas (estavam todas na praia) e tinha intenção de ir ao MUSEU NACIONAL DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO CHIADO, estava fechado.

Como não fui à missa... ainda acendi umas velas na Igreja dos Mártires. É tradição sempre que ali passo, tenho de entrar.  acender uma vela, meditar ali um bocado. O HT fica à seca mas tem de ser.

Andei até ao terreiro do paço bebi um Rosé à beira rio. Estava uma brisa fresca, estava-se muito bem na esplanada. Lisboa está cada vez mais bonita. 

Depois subi até ao Chiado outra vez. E vinguei me assim que cheguei ao largo de Camões e enfardei um bolo e uma sandes que estava a morrer de fome. Subi ao Miradouro (nunca sei o nome, a seguir a São Roque) sentei-me a ver a vista, os pombos e turistas felizes, lá me levantei e fui para casa cozer batatas para o jantar.

Dei por mim, já são dez horas. Está ai segunda não tarda.

 

A Grécia e o referendo

Alexis Tsipras não sei se é um homem de coragem ou maluco. 

Contudo como não tinha nada a perder, já que estava quase tudo perdido... pediu ao povo que respondesse por referendo.

Resumidamente acho que fez um bocadinho como Pôncio Pilatos "daqui lavo as minhas mãos" e assim se correr bem é herói se correr mal o Povo escolheu.

Está muito bem, parece que correu bem e conseguirá assim, talvez, fazer pressão na União Europeia. Muita tinta ainda vai correr nesta historia. Espero que tudo corra pelo melhor aos gregos que estão fartos de levar cortes, e estarem com um nível de vida cada vez pior.

Digam o que disserem eu não tenho que pagar pelos erros dos meus Governos, é quase como pagar pelos erros do meu avô, ou meu pai.

 

Com tanta historia da Grécia... Só me apetece comer um GREGO, da danone, claro!

Ir aos saldos

O meu cunhado não tem paciência para ir às compras, a minha irmã pede sempre para lhe fazer companhia.

Eu faço um esforço mas arrependo-me sempre.

Hoje desisti e vim sentar-me num banco. As mulheres nos saldos são terríveis... Querem trazer a loja toda, mas no fim trazem 3 peças e já estou à seca à duas horas e ainda não saiu.

 

A família não se escolhe e os amigos também não

No outro dia ao falar com a Cláudia sobre família e amigos veio à conversa a velha frase a família não se escolhe mas os amigos sim, enquanto tomava banho lembrei-me que os amigos também não se escolhem, só se contarmos com os do Facebook.

Sendo assim o meu primeiro amigo o Humberto ficou sendo porque moravamos perto. Depois conheci o Miguel porque era amigo do Humberto, fiquei amigo também da irmã do Miguel. Mais tarde conheci o José que namorava com a Maria, irmã do Miguel e ficamos amigos. Estes são os meus melhores amigos o núcleo duro.

A minha melhor amiga é a Susana porque éramos vizinhos e ficamos para o resto da vida. Depois a Susana casou e fiquei amigo do marido também.

Mais tarde conheci a Denise que era amiga de amigos e ficamos também amigos, por arrasto fiquei amigo do irmão.

Fiz amigos na escola que se perderam, na faculdade também não guardei nenhum a não ser a Andreia e Diana, mas já não as vejo há imenso tempo... deixaram de ser.

A Mafalda também andou comigo na escola emigrou e pronto, mas fomos muito amigos e se calhar ainda o somos.

Isto são exemplos de amizades que nasceram do acaso, e duma relação, de às vezes quase, como um namoro, que penso eu, não as escolhi, mas aconteceram.

Escolhi não me dar com A B ou C por variados motivos. Mas a amizade que fiquei dos que guardei não escolhi, calhou e por mais que me pense não me consigo lembrar de nenhuma que eu tenha dito quer ser amigo deste gajo ou desta gaja.

Pág. 3/3