Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

o Homem Certo

Sobre aquele documentário do " Somos o que comemos"

A Cláudia já me tinha falado, e já tinha escrito sobre isto.

Eu não liguei nenhuma, mas o assunto ficou-me na cabeça. O meu chefe que é super mariquinhas com a alimentação falou-me no mesmo.

Vai daí toca a ver o documentário.

Tenho de mudar muita coisa. 

Resumindo fala do problema do açúcar na alimentação, e os seus perigos. Todos os alimentos têm açúcar, então os produtos manipulados, ou produzidos, ui.

Tenho uma formação de rotulagem e etiquetagem, mas nunca liguei muito aos rótulos, porque quando se lê rótulos e se vê por exemplo a lista de ingredientes, dá logo vontade de não comprar,  por exemplo, produtos que têm nos ingredientes os E-99 ou E 141, ou outro E -XXX qualquer. Este E são aditivos naturais ou artificias para ajudar no sabor ou esticar a validade, entre outras funções, assim substitui-se uma quantidade de nomes por estes E-XXX, se não as listas eram enormes. Confesso que nunca tive curiosidade para saber o que está por detrás de cada E-XXX, se calhar para continuar na ignorância.

Conheço várias pessoas que quando vêm este tipo de ingredientes na lista evitam comprar.

No outro dia ofereci umas drageias de mentol a uma colega, macaca, antes de comer um consultou o rotulo, e não comeu. E disse-me isto tem xxxxx (não me lembro do nome), é pior que o açúcar, e mais ficou no pacote, que acabei por comer sozinho.

Não deve ser lá muito saudável. Quase todos os produtos têm E- XXX, portanto o açúcar não deve ser os pior. Fiquei elucidado dos problemas que podemos vir a ter por uma má alimentação.

Agora é corrigir alguns pontos.

 

Se não o viram, deixem-se ficar na ignorância, que depois logo se vê.

Estou a escrever isto e daqui a alguns dias sou capaz de me esquecer. Enfim.

8 comentários

Comentar post