Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

o Homem Certo

Apenas assim

Não sei porque me amarga a boca. Não sei de onde vem esta tristeza de estar triste.

Caminho e tanto me sinto alegre e depois qualquer coisa me entristece.

Nada me cativa e nada me apetece a não ser estar deitado a olhar o teto.

Consigo fingir a alegria e esconde-la.

Sei que o amanhã virá cheio de oportunidades, silêncios, risos ou choros, mas como homem de fé, sei que será melhor do que o de hoje (apesar de o dia de hoje ter sido muito bom, e amanhã vou trabalhar e é segunda, tenho duvidas...).

Não tenho nada para estar triste, paralelo a isto, até me sinto feliz, estou só a fazer uma pausa para me sentir triste. Ou será que é uma pausa para me sentir triste, para a seguir conseguir perceber que estou feliz?

Quem me dera ser tolo.

 

8 comentários

Comentar post