Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o Homem Certo

Balanço para 2015

Não sei se este ano foi melhor, mas pior não foi que 2014.

 

O melhor de 2015

 

 * Compramos uma casa

 * Vi a Dulce Pontes

 * Fui muitassssss vezes ao Teatro

 * Fui muitas vezes de férias

 * Nasceu a filha dum amigo

 * Abracei um projecto ligado à Igreja Católica e adorei

 * Fiz novas amizades, que talvez sejam para a vida

 * Fiz mais negócios

 * Zanguei-me menos vezes

 * Fui mais empenhado no trabalho

 * Fui aumentado

 * Sou mais feliz

 

O pior de 2015

 * Descansei menos

 * Dormi menos

 * Saí pouco para discotecas

 * Vi partir um tio-avô

 * Tive mais despesas extras

 * Não gozei tantos fim-de-semanas fora

 * E não me lembro assim de mais nada.

 

A cima de tudo foi um ano melhor que 2014, bem melhor.

 

Bom ano para todos.

 

Amanhã é dia de Festa. E adoro festas.

Ás vezes o amor...

Somos felizes.

De vez em quando desentendemos-nos, é verdade, mas depois fazemos as pazes e o mar acalma.

Eu não ligo muito às suas birras, fazem parte do nosso namoro. Eu às vezes tento fazer birras, porém ele não liga e desfaz a minha birra numa birra própria.

Tirando estas brigas de rapazes pequenos, estamos, muitas vezes em sintonia.

Adoro os passeios de Domingo, em que não dispensamos nunca a companhia do outro, a não ser por força muito maior.

Quando começamos a namorar eu odiava sair ao Domingo, era o meu dia de ficar em casa, agora não suporto a ideia de ficar em casa ao Domingo.

Variamos nas idas, e nas tarde, nos lanches e cafés, apesar de repetirmos os mesmos locais muitas vezes.

Aprendi com ele a ler nas esplanadas e nos jardins, um ao lado do outro, com pequenas interrupções e comentários.

Andamos imenso a pé nos nossos passeios.

Incentivo sempre o HT a visitar o que gosto e me dá prazer mesmo que nem sempre o faça com êxito.

Dou-lhe muitas vezes secas enormes em palácios, museus e afins, que ele adora e de vez em quando faz aquele ar blasé, de quem comeu e não gostou.

Somos assim uns dias perfeitos cheios de sol e outros de frio e nevoeiro, com ou sem chuva.

 

Este domingo foi particularmente feliz.

Fim do Natal

Jantar, almoço, jantar.

Lanches e bolinhos no meio. historias contadas pela centésima vez, ao jantar e ao almoço.

Rostos felizes. Birras infantis.

Partilha e amor.

O Natal é Amor.

E cá em casa foi um Natal cheio de Amor, e cheio de doces e comidas. Estou tão redondo que acho que se comer mais alguma coisa vou rebentar.

 

Já se foi tudo embora. E estou de coração cheio e feliz.

 

Confesso que também estou feliz da casa estar em silencio.

 

Como amanhã é Sábado tinha programado ir festejar o Natal ao Radio Hotel e amanhã estaria de ressaca, contudo ganhei uma constipação e estou aqui em frente ao PC a limpar a ranhoca e com todos os efeitos que a febre nos trás.

Divirtam-se e continuação de boas festas.

 

Pág. 1/3