Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o Homem Certo

Os quadros valiosos

A minha mãe trouxe da casa de minha avó dois quadros a óleo gigantes (não são assim tão gigantes, é só para dar envase, têm um metro e meio por um aproximadamente, nunca os medi).

Ninguém os queria, estavam a apodrecer no sótão, ficaram bem cá em casa. Já tinha ouvido a história dos quadros.

Houve um dia, sentado na sala com a mãe, enquanto olhava os quadros, a mãe disse, estes quadros ainda devem valer um bom dinheiro. Bang bang bang, os meus olhos começaram logo a ver notas por todo o lado. Continuou a dizer que o meu avó tinha pagado imenso dinheiro pelos quadros e que os tinha comprado em Espanha, resumindo era isto. Será que são valiosos? Comecei logo a pensar que tinha ali uma fortuna, hum hum, e os quadros agora eram nossos, soltei uma gargalhada maléfica, vamos lá ver, quanto é que isto vale.

Oh mãe e se mandássemos avaliar? Temos de ver isso, respondeu-me.

Comecei logo a imaginar-me na Leiloeira Christie's. E com sorte, sorte reformava-me. Ali fiquei outra vez todo entusiasmado como se tivesse dez anos.

Levantei-me fui ver se estavam assinados, conferia, estavam. Bom sinal, demorei um bocado a decifrar o nome, eram os dois do mesmo pintor, hum hum, nunca tinha ouvido falar dele, vá de pesquisar, era um pintor espanhol, quando fui pesquisar afincadamente, vi vários quadros mas nenhum igual aos meus, ai ai. Mas quando a sorte é muita o azarado desconfia. Continuei a pesquisa e lá estavam os meus quadros numa galeria museu. Por acaso não pesquisei quanto valia o original. Foi uma pena. Tenho duas replicas lindas em casa.

 

Fica a esperança da replica ser valiosa. Dava-me jeito entrar para a reforma mais cedo.

 

Do Amor

Tenho lido muitas vezes aqui que o amor não existe.

Existe sim. Também pensei que não existia, ou não existiria para mim.

Porém depois de o encontrar fiquei a saber que existe e é como uma Fénix. morre e renasce das cinzas.

Entrevista de emprego II CHULOS

Fui a uma dinâmica. Juntam a malta numa sala e vá de falar e trocar ideias.

Todo muito lindo e maravilhoso.

O primeiro mês em que se estiver em formação só pagam o subsidio de almoço. É um bocadinho explorador não acham?

Quando saí da entrevista só me apetecia chorar. Saio do actual, não saio.? Fico um mês sem receber ? Fico ou não fico?

E pronto quando me ligaram a dizer que fora escolhido expliquei que não tinha capacidade financeira para suportar aquele mês sem receber.

Paciência vou tentar numa próxima.

 

Cheguei ao trabalho e a minha BigBoss Junior precisava falar comigo. Para surpresa disse que me ia dar um aumento, porque reconhecia o meu esforço e agradecia a minha ajuda para com a família, e tinha visto que tinha trabalhado imenso ests ultimos meses. E eu não tinha contando a ninguém da entrevista. Fiquei todo contente e inchado.

Não conte a ninguém.

O aumento é só um rebocado e uma palmadinha no ombro, melhor que nada.

Estragou-me a piada, pensei dizer no fim da reunião "OH BBJ e eu a pensar que me ia dar um aumento",  juro que pensei nisto.

 

Bem depois encavou-me para lhe tratar duns acordos e encontrar-me com um cliente depois das 7 e 15 e claro que o cliente só chegou  e mia.

 

Rezo para ter paciência

Brincar??

Combinei com o meu sobrinho que hoje vinha dormir cá a casa.

Fiquei em casa e planeei várias coisas para fazermos ou brincarmos.

Mentalize-me para gastar energia, mas não. Estou a ver vídeos no YouTube de pessoal a jogar minecraft, criam história e assim.

Tenho de ter paciência. Amen

 

Sandra, Napoleão e Tiradentes e a descoberta do Brasiu

Estava a procura de algo de gatas e passa uma colega brasileira que me disse:

 - Foi assim que Napoleão perdeu a guerra.

 - Foi? Isso que dizer o que?  - disse eu para me meter com ela.

 - Sei lá, é uma coisa que a gente diz no Brasil.

 - E perdeu que guerra?

 - Ahhhh! Invadiu o Brasil.

 - O Brasil?

 - Sim, não foi lá da guerra da independência?

 - Não! e comecei-me a rir.

 - Quem descobriu o Brasil?

 - Tiradentes?

 - Quem?

 - Não foi? Ai estou esquecida, já estudei há muito tempo, É feriado e tudo.

 - Não pá. Pedro Alvares Cabral.

 - Ah pois foi.

 - Quem é o Tiradentes?

 - Ai libertou os escravos!

 - Não.

 - Ah pois, não me lembro.

Para acabar a conversa e depois dumas muito breves explicações do quem é quem perguntei no fim.

 - Então e Napoleão era de que Nacionalidade?

 - Português né?

 

Depois desta conversa apetecia-me inquirir toda a gente

Entrevista de emprego

Tinha entrevista marcada. No dia acordei cedo para fazer tudo com calma. Escolhi a roupa e os sapatos apropriados, estava bem e sentia-me giro e confiante.

Tomei o pequeno almoço fora, quando ia entrar no carro, não tinha o telemóvel de serviço, voltei a trás, quando entrei no carro reparei que tinha uma nódoa quase no sovaco, mas visível, que sorte, pensei, deve ter sido água, naquele sinito? Mas não fiz caso.

Quando cheguei ao local a nódoa estava lá, que nervos... se cruzasse os braços não se via, contudo não podia ter braços cruzados na entrevista como é obvio.

Tenho cá uma sorte...

Fumei um cigarro à espera da hora, quando se aproximava a hora da entrevista, entrei no edifício.

A porta de entrada era daquelas que roda, à moda de hotel dos tempos passados, e vá de entrar,  quando acompanhava a rodinha esqueci-me que tinha de sair, tentei voltar a trás, só que já não dava, lá tive de fazer a rodinha novamente, que atrasado que sou. A senhora das limpezas ainda gritou na primeira vez "agora não dá para sair", e eu a rir, a pensar só dás é barraca Homem Certo, sempre com a mania e depois zás. Quando consegui entrar disse para a senhora em modo de brincadeira. " Tá a ver? Assim é muito mais divertido", a senhora abanou a cabeça e pensou de certeza " Tão atrasado, coitado" e lá fui à entrevista.

A entrevista correu bem, adoro conversar e que me façam perguntas. Mas à cerca de trabalho até se pode tornar chato, enfim, faz parte e mais virão. porque não tive resposta. Por isso concluo que não devia ter corrido assim tão bem.

Estou triste, mas ao mesmo tempo animado. É possível?

Triste, animado, triste, triste, animado, triste e por aí fora.

Pior é que já tinha posto na cabeça que me ia embora da empresa actual e... se calhar, não é para já!

Para a próxima será melhor e se calhar com menos diversão.

Toca o telefone a toda a hora... toca...toca

Ontem fui a ver peça Sexo? Sim Mas Com Orgasmo.

18714141_ZLNeW.jpeg

Com Guida Maria, um monologo sobre sexo, a sexualidade vivida sem tabus, muito divertido, em que a actriz vai contando peripécias sobre a infância, adolescência e relações sexuais em adultos. Às vezes quase que parece que estamos numa aula, mas sempre divertida e a rir.

 

A meio da peça ouve-se um telemóvel, bastante tempo a tocar, passado uns minutos o mesmo telemóvel, na primeira fila, numa sala não muito grande, em silencio e apenas uma actriz em palco, ainda melhor se ouvia e a dona do telemóvel nada de atender. Até que a actriz em palco interrompeu e disse Vamos esperar que a senhora atenda o telemóvel, depois lá se calou o aparelho. Não sei como é que conseguem serem tão distraídos ou mal educados.

Eu cá para mim a senhora estava a ver se não descobriam que o telemóvel era dela, mas não resultou.

Venha cá ao tio

Tenho dois sobrinhos de sangue, que amo.

Depois tenho mais dois sobrinhos amados filho de amigos meus. Uma menina que peguei nela logo passado umas horas, e um menino que é meu afilhado também, um puto muito giro que adora que a mãe lhe tire fotos.

Sou tão babado com estes como com os meus.

São a família  que fui adoptando ao longo dos tempos.

Adoro quando chego à casa do José e a filha vem a correr a char Tiooooooooooooooooooo.

O meu afilhado ainda não se expressa bem, porque ainda é pequenino, adoro pegar-lhe ao colo, nem que seja três minutos, que ele foge logo do meu colo.

Agora vem mais uma pequenina, comprei-lhe uma camisola da Disney com as figuras todas, para 3/6 meses, Oh que coisa mais fofa, cuchi cuchi.

Não percebo é porque a roupa é tão pequenina e ao mesmo preço da dum adulto, pelo menos quase, a diferença é muito pouca para quantidade de roupa.

Pág. 1/3