Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o Homem Certo

Verbalizar sentimentos

Sou de dizer o que sinto, principalmente no amor.

Quando sinto digo. Faz me confusão este verbalizar sentimentos, como amo-te, gosto muito de ti, estou triste, estou carente, etc etc, não ser reciproco.

 

Tal como falar de um problema. Há imensas pessoas que guardam tudo para eles. Que egoístas. (Estou a ser irónico).

Eu não resolvo, nem quando comento uma situação ou conto um problema ou um drama, também não fica resolvido à partida. Mas só de desabafar já é um alivio, a partilha faz parte do amor.

 

E não é por patilhar problemas, sentimentos, que nos fazem fracos, talvez nos faça mais humanos ou mais fortes.

 

O aumento depois de pedir aumento

Pedi na quinta, segunda perguntei se havia a hipótese ou não.  A gerência reunia segunda-feira à tarde.

Hoje chamou-me e lá me deu o aumento, não era o que pretendia, porém já era  bom, já mostravam alguma boa vontade.

Enquanto falava com ele só pensava no quanto é que se ia transformar em ordenado liquido.

Assim que saí da sala,  fui logo a correr fazer contas.

Feitas as contas ui, vou receber líquidos dez euros. Subi de escalão de IRS e pronto lá se vai o aumento.

Mandei logo um e-mail com as continhas feitas, não serviu de nada mas desabafei.

Apetecia-me ter dito ah foda-se!

 

O ditado diz grão a grão enche a galinha o papo... Será?

Em Janeiro falamos de novo.

 

Assim como quem não quer a coisa disse: Ah só queríamos pensar em aumentos em Janeiro, mas como gostamos muito do Homem Certo, cá está o aumento, Não queria nada passar por pobre e mal agradecido, mas pronto.

Tive o reconhecimento que pretendia... só que não esse reconhecimento não me paga as contas.

 

 

Há sempre quem esteja pior do que nós

Depois de ler um comentário da Marta Elle, em que me animava dizendo que devíamos ver sempre o lado positivo da situação, o que é verdade, e que Há sempre quem esteja pior, o que também é verdade... E isso devia ser suficiente para não nos queixarmos, mas as vezes é bom gritar e chatearmos-nos e zangarmos-nos, para depois arrumar as ideias e agir cheios de força.

Mas o que me anima e o que me faz muitas vezes sonhar e ter forças para ultrapassar  as adversidades é olhar para os que estão melhor, os que venceram ou os que lutam. E assim me dá esperança para ter sucesso e ultrapassar todas as barreiras.

 

Apesar disto lembro-me sempre duns versos de Venicius de Moraes

 

Pra que chorar
Se o sol já vai raiar
Se o dia vai amanhecer

Pra que sofrer
Se a lua vai nascer
É só o sol se por

Pra que chorar se existe amor
A questão é só de dar
A questão é só de dor

Quem não chorou
Quem não se lastimou
Não pode nunca mais dizer

Pra que chorar pra que sofrer
Se é sempre um novo amor
Cada novo amanhecer...

 

Um grande beijinho para a Marta

Que ganhe o Melhor e que seja a nossa Selecção

Isto de irmos À final com a França faz me lembrar os tempos das invasões francesas

A coisa começou a não correr bem no começo, mas lá conseguimos enganar Napoleão, ganhar tempo e fugir para o Brasil.

Poderíamos dizer que o Rei D. João VI, foi cobarde ou mal aconselhado, contudo, na minha opinião foi esperto, ou melhor foi Tuga, foi para o Brasil e depois logo se via.

Com a ajuda de Inglaterra lá conseguimos fugir, e mais tarde com os Ingleses em nosso auxilio lá conseguimos expulsar os franceses e ganhar a guerra. Fomos os únicos a conseguir ganhar, enganar Napoleão. Isto tudo muito, muito resumido.

Bem... bem, isto agora não interessa nada.

 

Desta vez que derrotemos a França e ganhemos a Europa. E festejemos em Paris.